Pular para o conteúdo

V ERCIPUR

V Encontro de Revistas Científicas de Planejamento Urbano e Regional  – V ERCIPUR

Periódicos em Estudos Urbanos na América Latina: perspectivas e alternativas

23/nov, das 14h às 17h
Mesa: Periódicos em Estudos Urbanos na América Latina: perspectivas e alternativas

Vivemos o iminente anúncio da avaliação da CAPES e a nova composição do Qualis, que passou por modificações recentes tendo como base o cálculo de métricas internacionais ditadas por indexadores que pertencem às grandes empresas do mercado editorial global. Ponderações foram realizadas pelas áreas de avaliação na tentativa de adaptar o impacto das novas métricas aos periódicos dos diferentes campos do conhecimento. A estrutura do sistema leva em consideração a visibilidade e o impacto de citações dos artigos e periódicos no que a CAPES chama de “indicadores bibliométricos e um modelo matemático”, a partir de índices como o JCR (Web of Science), SJR (Scopus) e índice h5 (Google Scholar).

Diante deste contexto, temos poucas informações sobre a inserção das revistas latino-americanas nos sistemas bibliométricos internacionais, bem como de quem nelas publica. Apesar de ser notória a dificuldade de revistas do chamado Sul Global em obter visibilidade e prestígio nesses sistemas — sobretudo aquelas vinculadas às áreas de humanidades e ciências sociais —, pouco se sabe, para além do Qualis/CAPES, sobre o posicionamento relativo dessas revistas no cenário comparativo internacional.

Neste painel do ERCIPUR, pretende-se refletir sobre o espaço que nossas revistas ocupam no sistema de avaliação internacional, dominado por grandes empresas globais, bem como discutir como se posicionar frente aos modelos de avaliação e classificação, e explorar alternativas possíveis de inserção, sem que se amplie o risco de isolamento e exclusão. A questão chave para o painel é: existe possibilidade de resistência a esse sistema e construção de modelos alternativos inclusivos e verdadeiramente globais, que não desvalorizem as idiossincrasias regionais e locais?

Coordenação:
Tomas Moreira (IAU USP)

Convidados:
Leandro Medrano – Revista Pós
Paulo Nascimento Neto – Urbe
Pedro Novais – RBEUR
Rodrigo José Firmino – Urbe
Tomas Moreira – Risco/Thesis